+55 11 3090 -7898

Português Português English English

Confiança e proximidade entre os colaboradores são aprendizados do home office

Para todas as empresas, os impactos do novo coronavírus trouxeram uma mudança cultural sem precedentes. Enquanto na Bradesco Seguros, com foco na proteção das pessoas, 96% dos colaboradores já estavam em home office em oito dias, na Travelex Confidence, o maior desafio foi estar disponível para oferecer serviços de envio de recursos para pessoas em outros países, em um momento em que estes viajantes estavamem outras nações, impedidos de retornar para o Brasil, o que fez a empresa se tornar mais ágil. Já na Aon, a política do home office já havia sido implementada para parte da empresa, mas a pandemia acelerou o processo e, em poucos dias, todos os colaboradores já estavam trabalhando remotamente.

No entanto, mesmo com experiências e desafios distintos, as executivas concordam em um ponto: o trabalho remoto aproximou as pessoas e fez com que a confiança fosse estabelecida.

“O impressionante é que, apesar da distância, as pessoas se aproximaram. Com a nossa capilaridade no Brasil, era difícil alcançar todos e, desde o início da pandemia, já tivemos mais de 1.300 turmas online para capacitação em diversas frentes, além das mais 22 mil participações de corretores, em 60 dias. Houve, inclusive, um esforço de disseminar e administrar esta nova realidade, que tem como destaque a liderança pela confiança e gestão da produtividade. Este momento naturalmente move a cultura. Os feedbacks nos mostram como está sendo positivo”, explica Valdirene Soares Secato, diretora de Recursos Humanos da Bradesco Seguros .

Sobrecarga de trabalho

No entanto, as executivas reconhecem que o trabalho remoto não tem somente aspectos positivos. Muitos profissionais têm percebido que estão trabalhando mais em suas casas, muitas vezes sem uma fronteira de papéis; sem uma divisão estabelecida entre as esferas pessoal e profissional.

Futuro do trabalho (e os escritórios?)

Principal dúvida de colaboradores e lideranças, esse tema ganhou destaque no Mesa Redonda RH. Mesmo sem uma resposta final, porque tudo ainda está em construção, as diretoras contaram como está sendo o processo de retomada nas empresas, bem como o que esperam quanto ao futuro para o trabalho e a área de Recursos Humanos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *